“… Temei a Deus e dai-lhe glória, pois á chegada a hora do seu juízo; e adorai aquele que fez o céu, e a terra, e o mar, e as fontes das águas.” Apocalipse 14:7

O plano de satanás, não para acabar com os atletas ou com a equipe, mas para acabar com vidas através da Lamia.

Infelizmente vidas se foram, vidas que não conheciam a Cristo Jesus. Mas, ao mesmo tempo, fico feliz. Porque entre eles tinham servos do Senhor Jesus.

Por várias vezes a companhia LaMia voava no limite de combustível (essas são as investidas de Satanás). Até que, ele conseguiu, “…ali também descansarão as criaturas noturnas e acharão para si locais de descanso.”

Isaías 34:14 – O mesmo versículo em 4 edições bíblicas

“Y las bestias monteses se encontrarán con los gatos cervales, y el peludo gritará á su compañero: la lamia también tendrá allí asiento, y hallará para sí reposo.” (Reina Valera)

“E as feras do deserto se encontrarão com hienas; e o sátiro clamará ao seu companheiro; e Lilite pousará ali, e achará lugar de repouso para si.” (Almeida Revisada Imprensa Bíblica)

“As feras do deserto se encontrarão com as feras da ilha, e o sátiro clamará ao seu companheiro; e os animais noturnos ali pousarão, e acharão lugar de repouso para si.” (Almeida Corrigida e Revisada)

“Criaturas do deserto se encontrarão com hienas, e bodes selvagens balirão uns para os outros; ali também descansarão as criaturas noturnas e acharão para si locais de descanso.” (NVI)

Significado de Lamia – (Wikipédia)

Segundo opinião bastante difundida, a Lâmia mitológica serviu de modelo para as lâmias (Lâmiae em latim), ora descritas como bruxas, ora como espíritos e ora monstros, humanos da cintura para cima, mas com caudas de serpente. As lâmias atraíam os viajantes expondo os belos seios e emitindo um agradável cicio, para depois matá-los, sugar seu sangue e devorar seus corpos. Neste aspecto, as lâmias constituem um antecedente dos súcubos da Idade Média e das modernas vampiresas.

Com frequência a Lâmia é descrita nos bestiários de outras culturas como criaturas de natureza selvagem e maligna, com garras nas patas dianteiras, cascos nas patas traseiras, rosto e busto femininos e o corpo coberto de escamas. Também é associada à Lilith da mitologia hebraica. Nos folclores neo-helênico, basco e búlgaro podem ser encontradas lendas sobre Lâmias, herdeiras da tradição clássica.

Significado de Lilite – (Wikipédia)

Lilith, foi uma deusa adorada na Mesopotâmia associada com ventos e tempestades, que se imaginavam ser portadores de enfermidades e morte.

Lilith aparece como um demônio noturno na crença tradicional judaica.

Link de uma matéria, de como a LaMia voava

http://www.mg.superesportes.com.br/app/noticias/futebol/chapecoense/2016/12/02/noticia_chapecoense,368741/aviao-fez-varias-viagens-com-o-combustivel-no-limite-uma-delas-de-bh.shtml

 

Que nosso Senhor Jesus Cristo, console todos os familiares.

Davi quando matava leões e ursos, para proteger as ovelhas, ele comemorava? Não!

Davi quando foi ungido por Deus, ele comemorou? Não!

Davi quando matou Golias, com uma pedrada, ele comemorou? Não!

Mas Davi comemorou quando levou a Arca do Senhor para Jerusalém (1 Crônicas 15).

“Davi também ordenou aos líderes dos levitas que encarregassem os músicos que havia entre eles de cantar músicas alegres, acompanhados por instrumentos musicais: liras, harpas e címbalos sonoros.” (v. 16);

“Assim, com grande festa, foram Davi, as autoridades de Israel e os líderes” (v. 25);

“… sete novilhos e sete carneiros foram sacrificados.” (v. 26);

“E Davi vestia um manto de linho fino, assim como também todos os levitas que carregavam a arca, os músicos e Quenanias, chefe dos músicos. E Davi vestia também o colete sacerdotal de linho. E todo Israel acompanhou a arca da aliança do Senhor alegremente, ao som de trombetas, cornetas e címbalos, ao toque de liras e de harpas.” (vv. 27,28);

E Davi dançou… (v. 29);

Ao Rei eterno, ao Deus único, imortal e invisível, sejam honra e glória para todo o sempre. Amém. (1 Tm 1:17)

 

As Chances!

Publicado: 29/08/2016 em Adoração, Estudos, Mensagem, Palavra

A Ordem:

“E ordenou o Senhor Deus ao homem, dizendo: De toda a árvore do jardim comerás livremente,
Mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dela não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás”. (Gênesis 2:16-17)

A desobediência:

‘E viu a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento; tomou do seu fruto, e comeu, e deu também a seu marido, e ele comeu com ela”. (Gênesis 3:6)

O sentimento de culpa:

“Ouvi a tua voz soar no jardim, e temi, porque estava nu, e escondi-me”. (Gênesis 3:10)

A murmuração:

“A mulher que me deste por companheira, ela me deu da árvore, e comi”. (Gênesis 3:12)

“E disse a mulher: A serpente me enganou, e eu comi”. (Gênesis 3:13)

AS CHANCES ao ARREPENDIMENTO

“E Deus disse: Quem te mostrou que estavas nu? Comeste tu da árvore de que te ordenei que não comesses? ” (Gênesis 3:11)

“Por que fizeste isto”. (Gênesis 3:13)

E isso não aconteceu!

Deus então nos deu mais uma chance para voltarmos ao jardim e ter a verdadeira comunhão com Ele.

A ÚLTIMA CHANCE

“E fez o Senhor Deus a Adão e à sua mulher túnicas de peles, e os vestiu”. (Gênesis 3:21)

Cabe a nós continuarmos com as vestes ou nos despir das vestes, da salvação!

“Regozijar-me-ei muito no Senhor, a minha alma se alegrará no meu Deus; porque me vestiu de roupas de salvação, cobriu-me com o manto de justiça, como um noivo se adorna com turbante sacerdotal, e como a noiva que se enfeita com as suas joias”. (Isaías 61:10)

No amor de Cristo Jesus!